• Karla Kratschmer

Fala alguma coisa!


Creio que a ideia de que para atuar com a psicanálise deve-se ser uma pessoa séria, neutra e “distante” já está bastante ultrapassada. Por outro lado, é preciso encontrar o equilíbrio entre aquela (e) que mal diz uma única palavra e aquela (e) que fala tanto que acaba por encher a (o) paciente de seu próprio conteúdo.


A análise não se trata apenas do contato olho a olho, mas também e principalmente da (o) analista escutar e direcionar a fala dela (e) ao sujeito inconsciente. É por isso que as falas não podem ser vazias.

Para Lacan o inconsciente é estruturado como uma linguagem e se manifesta na própria fala da (o) analisante “cabendo ao analista fazer com que esse inconsciente exista” [1], e é através da intervenção no próprio discurso do analisante que “o discurso comum é transformado em manifestação do inconsciente” [1].


Sabe aquele ditado bem popular de que há momentos em que o silêncio é a melhor resposta? Ouça-o.


Karla Kratschmer | Psicóloga&Psicanalista | CRP 06/121815

Copyright © Karla Kratschmer. Todos os direitos reservados.


Fonte das citações:

[1]: QUINET, A. As 4 + 1 condições da análise.

ESPECIALIDADES:

Atendimento de adultos

Atendimento de adolescentes

Atendimento de casais

Orientação de pais e mães

ENDEREÇO:

Rua Verbo Divino, 2001

Chácara Santo Antônio

São Paulo - SP - 04719-002

ATENDIMENTO:

Segunda à sexta das 8h às 18:30

TELEFONE:

FORMAS DE PAGAMENTO:

Atendimento presencial:

Crédito e Débito

Atendimento on-line:

Transferência bancária

Copyright © Karla Kratschmer. Todos os direitos reservados.

Site criado e otimizado por Karla Kratschmer.

Última atualização e otimização: abril de 2020.