• Karla Kratschmer

Qual o desejo?


Para que a análise de uma pessoa seja direcionada da melhor forma para ela, é preciso que a/o analista mantenha a escuta clínica muito atenta.

A análise é sempre singular; Calligaris dirá que “a escolha da direção ou do caminho não deve ser decidida por uma norma, nem mesmo por uma sabedoria. Espera-se que o terapeuta ou analista empurre o paciente na direção de seu desejo. Aliás, é por isso que uma terapia leva tempo, porque antes de empurrar é preciso que esse desejo consiga se manifestar um pouco.

Acho muito válida essa citação de Calligaris, só não me agrada o uso da palavra “empurrar”. Para mim a direção da análise é definida – dentre outras coisas – pela união da fala do sujeito que sabe sem saber que sabe, e da escuta clínica da/o analista que capta a manifestação do desejo inconsciente e aponta o caminho. E de ambos os lados, a meu ver, o desejo está presente; o desejo, Aquilo que é tão temido, é também Aquilo que move a vida.


Karla Kratschmer | Psicóloga&Psicanalista | CRP 06/121815

Copyright © Karla Kratschmer. Todos os direitos reservados.


Fonte da citação:

CALLIGARIS, C. Cartas a um jovem terapeuta.

ESPECIALIDADES:

Atendimento de adultos

Atendimento de adolescentes

Atendimento de casais

Orientação de pais e mães

ENDEREÇO:

Rua Verbo Divino, 2001

Chácara Santo Antônio

São Paulo - SP - 04719-002

ATENDIMENTO:

Segunda à sexta das 8h às 18:30

TELEFONE:

FORMAS DE PAGAMENTO:

Crédito e Débito

Copyright © Karla Kratschmer. Todos os direitos reservados.

Site criado e otimizado por Karla Kratschmer.

Última atualização e otimização: março de 2020.